Segunda-feira, 4 de Junho de 2007

Campanha de solidariedade com as Crianças Palestinas

Apoio Escolar às Crianças da Palestina

Com a entrega de milhares de cadernos na representação da Autoridade Nacional Palestiniana em Portugal, terminou a campanha de solidariedade com as crianças da Palestina «Tenho um caderno igual ao teu».

 

 

Durante meses, o Conselho Português para a Paz e Cooperação, a Câmara Municipal de Beja e o núcleo de Beja do CPPC recolheram milhares de cadernos escolares que se destinam ao apoio à educação das crianças palestinianas, que sofrem como ninguém as consequências brutais da ocupação do seu país por parte de Israel.

Esta acção permitiu o contacto com milhares de portugueses, que foram convidados a adquirir dois cadernos, um dos quais para ser enviado para a Palestina. No caderno a ser entregue às crianças, era possível inscrever uma mensagem ou um desenho, para transmitir a amizade, a esperança, a ternura e a solidariedade dos portugueses a crianças que vivem em condições dramáticas de existência.

Para além da solidariedade material, tão necessária para um povo que vive com toda a espécie de carências, a campanha de solidariedade com as crianças da Palestina «Tenho um caderno igual ao teu» permitiu também denunciar um dos mais cruéis aspectos da ocupação israelita dos territórios palestinianos – a paralisação do sistema educativo, o encerramento de escolas, a prisão de professores e o assassinato de crianças.

Desde Março de 2002, 1289 escolas foram fechadas. Desde Setembro de 2000, no seu percurso para a escola, 597 crianças foram assassinadas e 3471 foram feridas. No mesmo período 669 alunos e 176 professores foram presos; 288 escolas foram completamente destruídas pelo exército israelita. Com o muro que Israel tem vindo a construir em terras palestinianas, fica vedado o acesso a 33 estabelecimentos escolares, o que significa a impossibilidade de 3403 alunos e respectivos professores acederem às suas escolas.

Esta campanha constituiu um momento alto de solidariedade com o povo da Palestina, que prossegue o seu combate pela constituição do seu país independente e soberano e pelo regresso dos milhares de refugiados que décadas de ocupação provocaram. E significou também o reconhecimento que milhares de portugueses devem ao povo heróico da Palestina, cuja história e luta dão alento à nossa profunda convicção de que a paz é possível.

A solidariedade não se agradece, mas reconhece-se. A todos os que contribuíram para esta campanha – associações, estruturas e pessoas – o CPPC, a Câmara Municipal de Beja e o núcleo de Beja do CPPC afirmam: contamos e contaremos convosco para construir um mundo de paz, livre de exploração e opressão!

 

Conselho Português para a Paz e Cooperação

Câmara Municipal de Beja

Comissão de Paz de Beja do CPPC

 

publicado por cppc às 19:13
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.posts recentes

. NOVO SITE DO CPPC

. CUBA: abaixo-assinado sol...

. SAHARA OCIDENTAL - CARAVA...

. MÉDIO ORIENTE: OPRESSÃO E...

. LIBERDADE PARA OS CINCO P...

. LIBERDADE PARA OS CINCO P...

. ACAMPAMENTOS DE REFUGIADO...

. DEBATE SOBRE SITUAÇÃO NO ...

. SOLIDARIEDADE IRAQUE - AP...

. PALESTINA: 60 Anos de Nak...

.arquivos

. Agosto 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Janeiro 2007

.tags

. todas as tags

.as minhas fotos

blogs SAPO

.subscrever feeds