Quinta-feira, 24 de Janeiro de 2008

BLOQUEIO A GAZA É CRIME CONTRA A HUMANIDADE

TOMADA DE POSIÇÃO DO CONSELHO PORTUGUÊS PARA A PAZ E COOPERAÇÃO
 
 
BLOQUEIO A GAZA É CRIME CONTRA A HUMANIDADE
 
 
O Conselho Português para a Paz e Cooperação condena firmemente o bloqueio imposto pelo Governo e Exercito Israelitas à Faixa de Gaza e considera que tal acto constitui um claro e inequívoco crime contra a humanidade, aliás como já veio afirmar o Relator Especial das Nações Unidas para os Direitos Humanos nos Territórios Palestinianos, o Prof. John Dugard.
 
O corte no fornecimento de electricidade, combustível e de água, bem como de alimentos, medicamentos e outros bens essenciais, viola as mais elementares condições de sobrevivência, o direito internacional e todos os códigos éticos e morais.
 
Passada uma semana de bloqueio, o desespero das populações é incomensurável. Numa manifestação de instinto de sobrevivência a população de Gaza respondeu à degradação constante das suas condições de vida quebrando o cerco na fronteira com o Egipto.
 
Não é aceitável que a comunidade internacional consinta na prática persistente exercício de uma política de punição colectiva de 1.5 milhões de pessoas, em clara violação da Convenções de Genebra.
 
Tal como não é aceitável nem compreensível que a mesma comunidade internacional, permita a Israel a subversão total do direito internacional ao declarar a Faixa de Gaza uma “Entidade Hostil” no quadro de um “conflito de guerra de curta duração”, para assim procurar justificar esta imoral e ilegal intervenção, que na última semana se salda no massacre de mais de 50 palestinianos.
 
E menos compreensível se torna ainda este acto quando colocado aos lado das palavras de Olmert e Bush propalando o compromisso e empenhamento comum na criação de um Estado Palestiniano viável.
 
É preciso não esquecer que a Faixa de Gaza é um território totalmente controlado e cercado por Israel, e que a vida dos seus habitantes se degrada de dia para dia. Israel controla o espaço aéreo, fronteiras e águas territoriais, controla o registo de população, o sistema fiscal, o fornecimento de bens de todo o tipo, a liberdade de movimentos e o acesso a cuidados de saúde. A entrada e saída de pessoas e bens é totalmente controlada por Israel, vivendo-se neste momento uma situação de completo cerco.
Falamos pois da maior prisão do mundo.
 
O Conselho Português para a Paz e Cooperação exorta o Governo Português a intervir no quadro da sua política externa e da participação nas instituições internacionais, no sentido de uma clara e inequívoca condenação a esta política criminosa do governo israelita e da exigência do levantamento total e imediato do bloqueio a Gaza.
 
Exige igualmente do Governo de Israel, o fim da ocupação ilegal dos territórios árabes que leva a cabo há já 60 anos, em conformidade com as resoluções das Nações Unidas e o cumprimento do Direito Internacional, bem como o fim imediato do inumano bloqueio exercido sobre o território da Faixa de Gaza.
 
Nesta ocasião o CPPC reafirma a sua solidariedade às organizações palestinianas e israelitas que no próximo sábado, dia 26, realizarão manifestações em Israel, Faixa de Gaza e Cisjordânia, exigindo o levantamento do Bloqueio a Gaza, assim demonstrando que a convivência é possível e que não existem contradições inultrapassáveis entre os respectivos povos.
 
Lisboa, 24 de Janeiro de 2008
publicado por cppc às 10:50
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 10 de Janeiro de 2008

Participação do Conselho Português para a Paz e Cooperação na Conferência sobre a Paz no Médio

O Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC) vai participar numa Conferências obre a Paz no Médio Oriente, que vai ter lugar nos dias 12 e 13 de Janeiro em Istambul, na Turquia. A conferência é organizada pela Associação de Paz da Turquia e pelo Conselho Mundial da Paz.
O CPPC será representado por José Goulão, membro da mesa da sua Assembleia-Geral e da Presidência.
A realização desta conferência foi agendada em Junho, na reunião regional da Europa do Conselho Mundial da Paz, da qual o CPPC é coordenador.
A realização deste evento é particularmente oportuna num momento em que a situação no Médio Oriente promete agravar-se, tornando ainda mais dramática o quotidiano dos povos da região.
Na Palestina, a ocupação israelita prossegue, a impedir qualquer resolução para o conflito, que garanta os direitos inalienáveis do povo palestiniano. No Iraque, a guerra perpetua-se causando prejuízos humanos e económicos incalculáveis, aniquilando milhares de vidas e destruindo infra-estruturas essenciais à vida e ao desenvolvimento do país. Na fronteira turco-iraquiana, no Curdistão, intensificam-se os ataques do exército turco contra a população civil curda. No Irão, as ameaças das forças imperialistas, com os Estados Unidos da América à cabeça, sobem de tom, aumentando a instabilidade da região. Também na Síria e no Líbano, adivinham-se novos desenvolvimentos que poderão afectar a paz e a estabilidade naquela martirizada região do globo.
O CPPC considera que a realização desta conferência, num país e numa cidade situada na fronteira da região, é de enorme importância para a luta pela Paz e poderá contribuir para um maior conhecimento da situação e para o reforço da solidariedade com os povos do Médio Oriente.
 
 
Lisboa, 8 de Janeiro de 2008
Conselho Português para a Paz e Cooperação
publicado por cppc às 15:45
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 3 de Janeiro de 2008

Rally Lisboa – Dakar 2008

Rally Lisboa – Dakar 2008
Passagem pelo Sahara Ocidental – território ocupado pelo Reino de Marrocos
Na véspera do início da edição 2008 do rally Lisboa – Dakar,  o Conselho Português para a Paz e Cooperação não pode deixar de chamar a atenção de todos os envolvidos nesta iniciativa desportiva para o facto de o percurso da competição contemplar a passagem pela Cidade de Smara parte integrante do território do Sahara Ocidental, ocupado ilegalmente há mais de 32 anos pelo Reino de Marrocos.  
Aproveitamos esta ocasião para alertar mais uma vez para o drama a que o povo Saharaui está sujeito, que há mais de trinta e dois anos vive sob ocupação e anexação por parte do reino de Marrocos. Anos vividos em permanente violação dos direitos humanos, do direito à liberdade, à autodeterminação e à independência. De prisões, torturas, assassínios em massa, utilização de napalm e de fósforo. Anos de promoção de um verdadeiro genocídio.  
Mais de 180 mil Saharauis encontram-se no exílio, montando a sua sociedade e o seu Estado em acampamentos no meio de um deserto desolador e hostil e que apenas sobrevive graças à ajuda e solidariedade internacionais. Essa ajuda é cada vez mais escassa, e presentemente não existem alimentos suficientes para garantir a sobrevivência de milhares de pessoas, que antes de mais, são vítimas de uma ocupação criminosa condenada pela comunidade internacional. O Povo Saharaui apenas exige o direito ao exercício de autodeterminação, para que possa retomar às suas terras, fundar o seu Estado Livre e Independente e finalmente viver em segurança e paz. Esse direito é reconhecido pela Organização das Nações Unidas (ONU) mas é violado pelo Reino de Marrocos.
Uma delegação do CPPC estará amanhã dia 4 de Janeiro, em Belém a sensibilizar a opinião pública para a grave situação em que o povo saharaui é obrigado a viver.
Apelamos à comunicação social que dê o seu contributo durante a cobertura do Rally Lisboa Dakar, dedicando algum tempo ao terrível drama que se abate sobre este povo.  
CPPC – Conselho Português para a Paz e Cooperação 
Lisboa, 3 de Janeiro 2008
publicado por cppc às 15:43
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.posts recentes

. NOVO SITE DO CPPC

. CUBA: abaixo-assinado sol...

. SAHARA OCIDENTAL - CARAVA...

. MÉDIO ORIENTE: OPRESSÃO E...

. LIBERDADE PARA OS CINCO P...

. LIBERDADE PARA OS CINCO P...

. ACAMPAMENTOS DE REFUGIADO...

. DEBATE SOBRE SITUAÇÃO NO ...

. SOLIDARIEDADE IRAQUE - AP...

. PALESTINA: 60 Anos de Nak...

.arquivos

. Agosto 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Janeiro 2007

.tags

. todas as tags

.as minhas fotos

blogs SAPO

.subscrever feeds