Sexta-feira, 1 de Agosto de 2008

NOVO SITE DO CPPC

 

Novo site em www.cppc.pt
 
 
 
Estimados amigos,
 
 
O CPPC tem, a partir de hoje, uma nova página na Internet.
 
Em www.cppc.pt, é possível aceder às últimas notícias da actividade da nossa organização, bem como a tomadas de posição e declarações sobre diversas questões da situação nacional e internacional.
 
Está também disponível informação sobre várias temáticas e campanhas nas quais o CPPC se empenha.
 
Também divulgamos na nossa página documentação de organizações de paz de outros países ou de carácter internacional, em especial do Conselho Mundial da Paz e dos seus membros.
 
Esta página tem como objectivo contribuir para fazer chegar mais longe a causa da paz, da solidariedade e da cooperação entre os povos.
 
 
 
A Direcção Nacional do
Conselho Português para a Paz e Cooperação
publicado por cppc às 18:33
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 27 de Junho de 2008

CUBA: abaixo-assinado solidariedade com os 5

 

Justiça para os cinco
 
Os abaixo-assinados denunciam a decisão do Tribunal de Apelação do 11.º Círculo de Atlanta que confirma duas das sentenças aplicadas a Gerardo e René e anulam as sentenças de Fernando, António e Ramon cujos processos deverão baixar ao Tribunal de Miami para novo julgamento.
Apesar de um dos juízes do Colectivo ter considerado não inexistirem provas das acusações de conspiração imputadas a Gerardo, mantém-se a condenação a prisão perpétua
A realização dos julgamentos em Miami violando a própria legislação norte-americana, por ausência de garantias de imparcialidade, o facto de um dos juízos ser um reputado conservador, somente nomeado por fortes pressões do presidente G. Bush e do candidato Mc Cain desmascaram a natureza política desta decisão no presente contexto eleitoral norte-americano.
Uma decisão que se traduz na satisfação dos obscuros interesses da máfia anti-cubana de Miami e que não deixará de favorecer também as ambições do governador Bush da Florida.
Entretanto tudo indica que Bush se prepara para indultar o terrorista Pousada Carrils autor confesso e orgulhoso da explosão do avião de Barbados da Companhia de Aviação cubana.
Os signatários propõem-se divulgar, de todas as formas ao seu alcance, esta iniquidade e apelam à mobilização dos portugueses e portuguesas para defenderem a realização de um julgamento justo para os cinco cubanos.
 
Organizações promotoras:
Associação de Amizade Portugal Cuba
Conselho Português para a Paz e Cooperação
CGTP-IN – Confederação Geral dos Trabalhadores Portugueses – Intersindical Nacional
 
Envia a tua adesão para conselhopaz@netcabo.pt
 

 

publicado por cppc às 15:57
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Quinta-feira, 26 de Junho de 2008

SAHARA OCIDENTAL - CARAVANA DE SOLIDARIEDADE 2009

(CLIQUE PARA AUMENTAR IMAGEM)

 

 

 

publicado por cppc às 11:23
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Terça-feira, 17 de Junho de 2008

MÉDIO ORIENTE: OPRESSÃO E RESISTÊNCIA

MÉDIO ORIENTE:

OPRESSÃO E RESISTÊNCIA

O CPPC e o seu núcleo local Almada pela Paz promovem quarta-feira, dia 18 de Junho, pelas 21 horas, no átrio da Academia Almadense (Rua Capitão Leitão, no antigo cinema), uma sessão subordinada ao tema

Médio Oridente: opressão e resistência, com a participação de José Goulão, jornalista e membro do CPPC.

Será ainda exibido um filme sobre o massacre à cidade iraquiana de Falujjah

publicado por cppc às 11:42
link do post | comentar | favorito
|

LIBERDADE PARA OS CINCO PATRIOTAS CUBANOS JÁ!

 

Solicitud de apoyo a todas las Organizaciones Amigas miembros del Consejo Mundial por la Paz
 
El pasado 4 de junio en el Onceno Circuito de la Corte de Apelaciones de Justicia de los Estados Unidos, un panel de tres jueces, en un documento de 99 páginas que distorsiona los hechos, plagados de prejuicios anticubanos; ratificó los veredictos de culpabilidad a los Cinco antiterroristas cubanos quienes se encontraban en territorio norteamericano reuniendo información sobre los grupos terroristas cubanos entrenados y financiados por el gobierno norteamericano para realizar acciones subversivas contra Cuba.  El panel dictaminó  que los argumentos de la defensa “carecían de mérito”. 
 
Como resultado de este proceso, dos de los tres jueces  revalidaron las sentencias de René González Shewerert  (15 años) y Gerardo Hernández Nordelo (dos cadenas perpetuas mas 15 años) y congeniaron por unanimidad,  anular tres de ellas para su resentencia, con el propósito de que sean nuevamente sancionados por  la misma jueza Joan Lenard y en la misma Corte de Miami que los juzgó: Ramón Labañino (cadena perpetua mas 18 años), Antonio Guerrero (cadena perpetua mas 10 años) y Fernando González (19 años).
 
El Juez Pryor,  uno de los jueces panelistas designado para formar parte del panel en el 2007, tiene como aval, el haber sido rechazado por el Senado debido a sus conocidas posiciones de ultraderecha denunciado en artículos de prensa del Atlanta Journal Constitution, el Washington Post y otros importantes medios de Estados Unidos.
 
En opinión disidente,  la jueza panelista Phyllis Kravitch afirmó,   que el gobierno no tiene evidencias para probar que Gerardo Hernández es culpable del Cargo de Conspiración para cometer asesinato o haber participado en la decisión del derribo de los aviones.
 
Consta como manipulación de los hechos, la incorporación siete meses después de iniciado el proceso, el cargo contra Gerardo Hernández Nordelo, de “conspiración para cometer asesinato” como ingrediente político a esta causa.


En la apelación dictaminada, la defensa de los Cinco cuestiona las decisiones acerca de la supresión de la evidencia obtenida bajo la Ley de Procedimientos para la Información Clasificada (FISA- Foreign Intelligence Surveillance Act), la inmunidad soberana, los procedimientos de revelación de evidencias, la selección del jurado, la mala conducta de la fiscalía y los testigos, las instrucciones al jurado, la insuficiencia de evidencias para apoyar los veredictos de culpabilidad y las sentencias.
Sin embargo, el terrorista Luis Posada Carriles, autor y ejecutor de la voladura de un avión civil de pasajeros donde perdieron la vida 73 personas, prófugo de la justicia venezolana, autor intelectual y reclutador de terroristas para realizar acciones contra hoteles e instalaciones turísticas en Cuba, autor y ejecutor del intento de voladura de un local donde se reunirían presidentes latinoamericanos durante la Cumbre Iberoamericana en el año 2000 en Panamá; ha sido puesto en libertad y acusado de delitos menores por el mismo sistema de justicia norteamericano.
 
Lo relevante de esta decisión, es que tiene lugar en el contexto del proceso eleccionario norteamericano donde el tema Cuba, especialmente en la Florida, adquiere una particular relevancia y en momentos en que la administración Bush intensifica sus maniobras contra la Revolución Cubana.
 
La Presidenta del Gremio Nacional de abogados (NLG – siglas en inglés) Marjorie Cohn, ha reconocido públicamente que por espacio de 50 años, organizaciones terroristas anti-cubanas radicadas en Miami han estado involucradas en incontables actividades terroristas contra Cuba, según sus propias palabras.
 
El Relator para la Tortura de Naciones Unidasconsidera una violación de la Convención contra la Tortura y Otros Tratos o Penas Crueles, Inhumanos o Degradantes el arresto y confinamiento de los Cinco desde un principio en el que predominó el sentimiento anti-cubano por parte de los directivos del gobierno de los Estados Unidos contaminando toda posibilidad de un juicio justo.
 
A su vez, la Directora Ejecutiva del Gremio Nacional de Abogados (NLG-siglas en inglés) Heidi Boghosian  opina que“Durante el juicio original, los extremistas anti-cubanos trataron de intimidar a los jurados, e incluso posibles jurados admitieron que temían dar un veredicto de no culpables a los Cinco.”
 
El Gremio Nacional de Abogados considera que la política de la administración influyó en la decisión de la Corte federal de Apelaciones de ratificar los veredictos de culpabilidad de cinco patriotas cubanos acusados de cometer espionaje en los Estados Unidos.
 
Recabamos el  apoyo de todas las organizaciones  para denunciar en el Tribunal Internacional de Justicia de las Naciones Unidas y en el Consejo de Derechos Humanos,  la liberación inmediata de estos CINCO cubanos,  como una reclamación de las organizaciones del Consejo Mundial por la Paz.
 
La lucha solidaria e internacionalista de nuestros  pueblos, de nuestras organizaciones son un  factor importante  para conquistar la libertad de nuestros cinco compañeros. Una vez más el imperialismo confirma su doble moral antiterrorista y su decidida posición de reprimir los defensores de la Revolución Cubana.
 
 
 
José Ramón Rodríguez Varona
Presidente
Movimiento Cubano por la Paz y la Soberanía de los Pueblos
publicado por cppc às 11:17
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 9 de Junho de 2008

LIBERDADE PARA OS CINCO PATRIOTAS CUBANOS JÁ!

Liberdade para os
Cinco Patriotas Cubanos já!

 
Denúncia e Protesto!

 

No passado dia 4 de Junho, o 11º Circulo de Apelação do Tribunal de Atlanta, ratificou as condenações dos Cinco Cubanos presos nos Estados Unidos da América desde 1998 por combaterem acções terroristas contra Cuba.
 
O Tribunal de Atlanta ignorou os relatórios elaborados pela defesa dos Cinco e por diferentes organizações internacionais, tais como o do Grupo de Trabalho sobre Detenções Arbitrárias das Nações Unidas ou o relatório anual sobre Violações dos Direitos Humanos da Amnistia Internacional; impediu que se ouvisse a posição de diversas personalidades do mundo da cultura, prémios Nobel, associações de juristas e advogados dos Estados Unidos e do forte Movimento de Solidariedade com os Cinco implantado em todo o mundo; mas mais importante que tudo, impediu que fosse feita justiça, que a verdade saísse à luz do dia e que se pusessem fim a 10 anos de permanentes violações dos direitos humanos.
 
O veredicto confirmou a condenação de René González e Gerardo Hernández, e fez retornar os casos de Ramón Labañino, Fernando González e António Guerrero ao mesmo tribunal de Miami que os condenou.
 
Esta decisão vem dar continuidade à farsa que constitui todo este processo e revela mais do que nunca que se trata de um julgamento de carácter político de Cuba e da sua Revolução, usando para esse fim, cinco cidadãos cubanos cujo único “crime” foi o de colocarem corajosamente as suas vidas ao serviço da luta antiterrorista desde sempre patrocinada pelos EUA contra Cuba e o seu povo.
 
Face a esta iniquidade, expressamos a nossa solidariedade com os Cinco e exigimos que o seu julgamento seja finalmente realizado de forma justa e imparcial, únicos princípios compatíveis com o respeito pelos Direitos Humanos, e que consequentemente, sejam libertados.
 
Exortamos todos os defensores da paz, da democracia, da liberdade e do direito à soberania dos povos a manifestarem a sua solidariedade com os Cinco reclamando a sua libertação.
 
Conselho Português para a Paz e Cooperação
 
Expressa a tua solidariedade enviando cartas para:
 
OS CINCO
Gerardo Hernandez
#58739-004
U.S.P. Victorville
P.O. Box 5500
Adelanto, CA 92301
USA
Antonio Guerrero
#58741-004
U.S.P. Florence
P.O. Box 7000
Florence CO 81226
USA
René González
#58738-004
FCI Marianna
P.O. Box 7007
Marianna, FL 32447-7007
USA
 
 
Ramón Labañino
(Para que se seja entregue, no envelope deverá constar o nome de Luís Medina, embora a carta seja dirigida a Ramon Labañino)
Luís Medina
#58734-004
U.S.P. McCreary
P.O. Box 3000
Pine Knot, KY 42635
USA
 
Fernando González
(Para que se seja entregue, no envelope deverá constar o nome de Ruben Campa, embora a carta seja dirigida a Fernando González)
Rubén Campa
#58733-004
FCI Terre Haute
P.O. Box 33
Terre Haute, IN 47808
USA
 
Envia o teu protesto para:
Departamento de Estado dos EUA
To: U. S. Departement of State
ATTN: Sec. Condoleezza Rice
2201 C Street NW
Washington, DC 20520
USA
 
Embaixada dos EUA em Lisboa
Avenida das Forças Armadas
1600-081 LISBOA
Apartado 43033
1601-301 LISBOA
Tel: 217 273 300 - Fax: 217 269 109
publicado por cppc às 11:59
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quinta-feira, 5 de Junho de 2008

ACAMPAMENTOS DE REFUGIADOS SAHARAUIS

 

 

 http://www.youtube.com/watch?v=ct9NLGJ_cq8

&feature=related

 

publicado por cppc às 14:03
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 28 de Maio de 2008

DEBATE SOBRE SITUAÇÃO NO SAHARA OCIDENTAL

 

 

Debate
SAHARA OCIDENTAL
 
Dia 31 de Maio às 15h
Auditório do Pavilhão do Centro Cultural e Recreativo do Alto do Moinho
Sandra Benfica (CPPC)
Adda Ibrahim (Frente POLISARIO)
 
Exposição
Se uns calam cantemos nós
 
Conselho Português para a paz e Cooperação * Comissão de Paz do Seixal
*
Com o apoio
Câmara Municipal do Seixal
  Junta de Freguesia de Corroios  e  Centro Cultural Recreativo do Alto do Moinho - Corroios

 

publicado por cppc às 10:49
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 27 de Maio de 2008

SOLIDARIEDADE IRAQUE - APELO DE NIDA

 

Comité Internacional para a Solidariedade com os prisioneiros e detidos nas prisões americanas no Iraque
 
APELO DE NIDA  
 
Em Fevereiro de 2003 ouviu-se o clamor de milhões de cidadãos nas ruas das maiores cidades do mundo em rejeitando a Guerra no Iraque. Estes milhões estão conscientes que a paz não pode ser alcançada através da destruição, da guerra e do confronto de civilizações.
 
Os acontecimentos provaram a razão deste posicionamento. Os EUA e os exércitos estrangeiros que os apoiam, ocuparam o Iraque e prometeram ao seu povo a democracia, a liberdade e a prosperidade. Mas o povo iraquiano, após 5 anos de ocupação ainda não têm um lugar na sua terra natal onde estejam a salvo dos soldados americanos, dos mercenários da empresa Blackwater, ou de terroristas e milícias que são um produto da ocupação – concordem ou não com isto.
 
Para além disso, os iraquianos ainda não vêem esperança no futuro se as condições permanecerem como têm estado sob a ocupação. Hoje em dia, mais de 3 milhões de iraquianos transformaram-se em refugiados, na diáspora, com medo de serem assassinados e encarcerados. Aqueles que restaram sofrem as amarguras da ocupação. Alguns deles encontram-se encarcerados nas piores cadeias do mundo.
 
No presente, as forças de ocupação americanas têm retido mais de 150 000 prisioneiros iraquianos dispersos por mais de 28 campos de detenção. Milhares dos quais estão retidos há mais de 5 anos em duras condições violando a Convenção de Genebra referente ao tratamento de prisioneiros de Guerra, muitos deles idosos que sofrem de problemas de saúde ou outras dificuldades que ameaçam a sua vida. Milhares de outros detidos são jovens, mulheres, crianças que foram feitas reféns em vez dos seus maridos e pais. Todos os outros restantes prisioneiros e detidos são continuamente sujeitos às piores formas de tortura, insultos aviltamento da dignidade humana. Todos eles estão privados de todos os meios de comunicação com o mundo exterior, e a maioria está proibida de ter visitas das suas famílias.   
 
 
Porque não responsabilizamos o povo Americano pela Guerra, ocupação e violações dos direitos humanos que são a politica da administração actual dos EUA;
 
Porque nos sentimos responsáveis em primeiro lugar perante a humanidade, e em segundo lugar perante o povo iraquiano, declaramos, antes que seja demasiado tarde, a nossa oposição às práticas ilegais do ocupante que violam a convenção dod Direitos Humanos. Esta nossa posição é uma posição humanitária que é a base da civilização, contra todos os que cometem actos criminosos contra ela, independentemente da sua origem étnica, cultural ou geográfica.
 
Esta nossa posição não é apenas a defesa da liberdade e dos direitos humanos dos iraquianos, mas sim a defesa da humanidade, dos valores da civilização, e do sistema de justice e legislação que deveriam proteger todos, incluindo os iraquianos.
 
Ao declaramos e afirmarmos a nossa solidariedade com aqueles que defendem os seus legítimos direitos nos seus países, e com os prisioneiros e detidos iraquianos, condenamos e verberamos a continuação da sua detenção, e apelamos a todos que iniciem todas as actividades e iniciativas possíveis para exigir a sua libertação.   
 
Acreditamos que a justice está ligada à liberdade. A relva não cresce nos escudos dos tanques americanos de ocupação, como demonstraram os últimos 5 anos. Mas, cresce nos corações daqueles que acreditam no Homem, nos seus direitos e na sua dignidade.
 
Ao exigirmos a libertação dos prisioneiros e detidos iraquianos, reafirmamos a importância de obrigar as forças de ocupação americanas a respeitar a Convenção de Genebra respeitante ao tratamento de prisioneiros, parando de imediato todas as formas de tortura aos detidos e autorizar todas as organizações internacionais de justice e direitos humanos e da Cruz Vermelha a visitar todos os campos de detenção americanos no Iraque para acompanharem a situação dos prisioneiros aí detidos.
 
Abril de 2008
(subcrito pelo Conselho Português para a Paz e Cooperação)
publicado por cppc às 11:09
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 26 de Maio de 2008

PALESTINA: 60 Anos de Nakba

 

 

 

O Conselho Português para a Paz e Cooperação

promove no dia 27 de Maio, às 21:30H,

no Centro Cultural e Juvenil de Santo Amaro, em Almada,

uma Sessão Pública de Solidariedade com o Povo Palestino.

 

Palestina: 60 anos de Nakba

com:

Muhammad Barakeh - Deputado Parlamento de Israel

Randa Nablusi - Delegada-Geral da Palestina

Silas Cerqueira - Dirigente do MPPM

Gustavo Carneiro - Dirigente do CPPC

 

publicado por cppc às 10:49
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 21 de Maio de 2008

Declaração do CPPC no encontro dos Movimentos da Paz em Paris

 

Declaração do CPPC no encontro dos Movimentos da Paz em Paris sobre a presidência francesa da UE, no dia 10 de Maio de 2008:
 

Amis et Camarades,

Pour le CPPC la lute pour le désarmement est central dans la lute global pour la paix.

Pendant la présidence de la France il faudra approfondir ce combat.

Les états européens deviennent des machines militaires pour usage impérial dans le cadre de la compétition capitaliste pour les marchés.

Aussi les questions environnementales, la question des ressources naturels, la question écologique, la défense de la biodiversité, seront centraux dans les prochains années.

Pour la Paix, nous luterons pour un rapport soutenable entre les communautés humaines et la nature.

Pour une Europe de justice sociale et pour une société globale solidaire avec tous les peuples du monde.

Pour une Europe basée sur les principes de la démocratie.

Contre une Europe de compétition pour les marchés, nous défendons ce que de plus pure il y a dans notre tradition européenne, l`Europe de la Prise de la Bastille, l`Europe de la Commune de Paris, l`Europe du croiseur Aurore ou l`Europe de l`hymne a la joie de Beethoven.

Sont les principes que le CPPC continuera à suivre pendant la présidence française.

 

Luis Vicente

Vice-président

CPPC

publicado por cppc às 11:35
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 14 de Maio de 2008

Exposição do MDM sobre o seu 40º aniversário "40 anos. Uma História com futuro."

 

No proximo sábado dia 17 de Maio, às 15h, será inaugurada a Exposição do MDM sobre o 40º aniversário "40 anos. Uma História com futuro."
Haverá musica, poesia com Maria do Céu Guerra, beberete. Os muitos amigos são indispensáveis.
 
A Exposição é no Palácio Beau Séjour (Edificio da Câmara Municipal de Lisboa) Est.Benfica, nº368. (Não fica longe das traseiras do Jardim Zoologico).
 
Gostaríamos que estivesse.
 
publicado por cppc às 20:42
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

CORRER COM O RACISMO 2008

 
 
CONFERÊNCIA DE IMPRENSA
 
Apresentação da XIV Corrida da Tolerância Correr com o Racismo
16 de Maio - a partir das 15h00
Jardim António Nobre (antigo Jardim S. Pedro de Alcântara)
 
A Interjovem – USL / CGTP-IN vai realizar no dia 25 de Maio, a 14ª Corrida da Tolerância “Correr Com O Racismo”, este ano com o lema Democracia e Liberdade, Rumo à Igualdade.
 
Participam na Comissão Promotora da Corrida, as seguintes organizações:
• USL/CGTP-IN; Frente Anti-Racista; Federação das Colectividades do Distrito de Lisboa; Conselho Português para a Paz e Cooperação; Casa do Brasil; Movimento Democrático das Mulheres; Liga Operária Católica; Voz do Operário; APD; URAP; Movimento Católico de Estudantes.
 
A Corrida conta com o apoio de inúmeras entidades, públicas e privadas, entre as quais:
• Câmara Municipal de Almada; Câmara Municipal de Lisboa; Câmara Municipal do Barreiro; Juntas de Freguesia do Concelho e distrito de Lisboa; Metropolitano de Lisboa; CP; Inatel; Companhia de Seguros Sagres; Central de Cervejas.
 
A Corrida da Tolerância “Correr Com O Racismo” tem na sua essência o combate ao racismo, à xenofobia e a todas as formas de exploração e discriminação.
 
É nesse sentido que, de uma forma pedagógica e alegre, em moldes de uma prova de atletismo não competitiva, nos propomos levar avante esta iniciativa, que tem já um historial na cidade de Lisboa imensamente rico e único.
 
O sucesso do “Correr Com O Racismo” tem-se devido também ao vosso contributo e envolvimento. Deste modo o apelo que deixamos é no sentido de que, no próximo dia 16 de Maio, às 15h00 compareçam na referida Conferência de Imprensa.
 

A Interjovem – USL / CGTP-IN

publicado por cppc às 20:28
link do post | comentar | favorito
|

Movimentos da Paz reunidos em França

 

Um encontro de movimentos de paz teve lugar na passada sexta-feira, dia 9, em Paris. Estiveram presentes representantes de movimentos da Alemanha, Bélgica, França, Grã-Bretanha, Portugal, Argélia e Estados Unidos da América. Estes movimentos participaram também numa conferência pública sobre «uma Europa de Paz e de Solidariedade», na Assembleia Nacional Francesa, no dia seguinte. Representaram o Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC) Luís Vicente e Margarida Ferreira.
 
No dia 9 de Maio, dia da Europa, os movimentos da Paz discutiram o reforço de laços de cooperação e amizade, bem como a união de esforços na luta por objectivos comuns. Tiveram especial ênfase as questões relacionadas com a desmilitarização e o desarmamento, nomeadamente nuclear, as inquietações relacionadas com o reforço da NATO e a luta contra as base da NATO e dos EUA na Europa.
 
A Presidência Francesa da União Europeia que se inicia a 1 de Julho também contextualizou estes encontros. Pode ler-se na declaração aprovada pelos movimentos que esta Presidência será um período de luta pela construção activa de uma Europa de Paz e Solidariedade com todos os povos do mundo, actuando pela resolução pacífica dos conflitos, pelo desarmamento, em particular o nuclear, pela defesa dos direitos humanos e pela construção de uma relação sustentável entre as comunidades humanas e a natureza.
 
Na conferência pública, dia 10, foram abordados, entre outros, os objectivos de uma Europa activa na resolução pacífica de conflitos, no desarmamento convencional e nuclear, por uma relação sustentável entre as comunidades humanas e a natureza e pelos direitos humanos. Foram discutidas as relações Norte-Sul, nomeadamente os casos da Argélia e do Sahara Ocidental, cabendo ao CPPC desenvolver esta última. Neste contexto foi feito um apelo à luta de todos os pacifistas pelo direito à autodeterminação e independência do povo Saharaui, e foi sublinhado actual drama nos campos de refugiados que configura uma situação de genocídio passivo e que requer ajuda alimentar imediata.
 
publicado por cppc às 19:58
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 12 de Maio de 2008

MÉDIO ORIENTE:AGRESSÃO E RESISTÊNCIA - DEBATE

 DEBATE

O CPPC promove, em colaboração com o seu núcleo local Almada pela Paz, um debate sobre «Médio Oriente: agressão e resistência», que contará com a participação de José Goulão, jornalista e membro do CPPC. O debate realiza-se na quinta-feira, 15 de Maio, às 21 horas, no átrio do cinema da Academia Almadense, na rua Capitão Leitão.

tags: ,
publicado por cppc às 21:50
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 8 de Maio de 2008

A ARQUITECTURA MUNDIAL DO PÓS-GUERRA E AS AMEAÇAS À PAZ E SEGURANÇA NA EUROPA

DEBATE

 

A ARQUITECTURA 

MUNDIAL DO PÓS-GUERRA

E AS AMEAÇAS À PAZ

E A SEGURANÇA NA EUROPA

9 DE MAIO - 18h30 - SEDE DA ASSOCIAÇÃO 25 DE ABRIL

Rua da Misericórdia, 95

PARTICIPAÇÃO

DOMINGOS ABRANTES (DIRIGENTE POLÍTICO)

RUI NAMORADO ROSA (PROFESSOR UNIVERSITÁRIO E PRESIDENTE DO CPPC)

CORONEL ROSADO DA LUZ

 

ORGANIZAÇÃO:

CONSELHO PORTUGUÊS PARA A PAZ E COOPERAÇÃO E A ASSOCIAÇÃO IURI GAGARIN 

publicado por cppc às 23:42
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 6 de Maio de 2008

Marcha à Rota

publicado por cppc às 16:53
link do post | comentar | favorito
|

TODOS COM O SAHARA - RECOLHA DE ASSINATURAS

"
MANIFESTO
 
Nós os participantes da 5ª edição do festival do Sahara Manifesto, estivemos em um dos acampamentos de refugiados saharauis onde se vive um drama humanitário. A situação piora a cada ano. O processo de paz está bloqueado e isso afecta especialmente os mais débeis. Mulheres, crianças e idosos. Existem 200.000 pessoas que já foram espanholas abandonadas no deserto há já 33 anos.
È urgente que a cidadania ajude a devolver a liberdade ao povo saharaui. Por isso pedimos ao governo de Espanha que reconheça o estatuto diplomático da Frente Polisário.
 
Hoje colocamos em marcha uma campanha de recolha de assinaturas para conseguir que isto seja possível entre todos
 
Os membros da Plataforma TODOS COM O SAHARA
http://www.todosconelsahara.com/
publicado por cppc às 16:07
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 2 de Maio de 2008

Marcha à Rota 2008

Caros amigos,
 
O CPPC apela a todos os amigos a virem marchar contra a base militar da NATO – a base militar da Rota – instalada estrategicamente no sul de Espanha, bem próximo da fronteira com Portugal. Esta base é uma afronta aos povos da Península Ibérica e do Norte de África. Acolhe as unidades da Sexta Frota no Mediterrâneo e o Comando de Mobilidade Aérea dos Estados Unidos, e constitui um importante instrumento de agressão e guerra nas mãos dos EUA e dos seus mais directos aliados.
Defendemos que a paz passa necessariamente pelo desarmamento, pelo fim dos blocos político-militares e pelo desmantelamento das bases militares estrangeiras.
Esperamos contar com a vossa presença nesta manifestação de paz e pela paz.
 
Partiremos de Lisboa, Setúbal, Beja e Évora no dia 10 de Maio e regressaremos no dia 11 logo após o fim da Manifestação.
 
As inscrições deverão ser dirigidas ao CPPC através dos seguintes contactos:
 
Telefones: 21 386 33 75 / 21 386 35 75 / 96 634 22 54
Fax: 21 386 32 21
Email: conselhopaz@netcabo.pt
 
 
Com saudações de Paz
A Direcção Nacional do
Conselho português para a Paz e Cooperação
publicado por cppc às 10:09
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 16 de Abril de 2008

Conselho Mundial da Paz - Composição da Direcção

The newly elected leadership of the World Peace Council
 
The Assembly of the World Peace Council, held on April 9 and 10, 2008 in Caracas, the World Capital of Peace and Anti-imperialist struggle, elected a 40 member Executive Committee composed by the following Organisations:
 

MOVPAZ Cuba (America)

CEBRAPAZ -  Brazil

PEACE COUNCIL -  USA

MOMPASSOL -  Argentina

MOMPADE Mexico

PEACE CONGRESS -  Canada

UNION Peridodistas por la Paz Dominican Republic

CONADESOPAZ of Panama

GRUPO HISTORIA Y MEMORIA Uruguay

COSI Venezuela

CPPC Portugal (Europe)

EEDYE Greece

PEACE COUNCIL Germany

PEACE COUNCIL Cyprus

PEACE ASSOCIATION Turkey

CZECH PEACE MOVEMENT

CEDESPAZ Spain

STOP USA Belgium

MOUVEMENT DE LA PAIX France

DANISH PEACE COUNCIL Denmark

GEORGIAN PEACE COMMITTEE

PALESTINIAN COMMITTEE for PEACE and SOLIDARITY (Middle East)

NATIONAL PEACE COUNCIL of Syria

EGYPTIAN PEACE COMMITTEE

JORDAN PEACE COMMITTEE

Association for the defense of Peace, Solidarity and Democracy Iran

CONGO PEACE COMMITTEE (Africa)

SOUTH AFRICAN PEACE INITIATIVE

MPLA PEACE and SOLIDARITY SECTION  Angola

SENEGAL PEACE COMMITTEE

PEACE COMMITTEE of DR Congo

PEACE COMMITTEE of Madagascar

VIETNAM PEACE COMMITTEE (Asia)

JAPAN PEACE COMMITTEE

ALL INDIA PEACE and SOLIDARITY ORGANIZATION

UNION of FRIENDSHIP and PEACE Mongolia

BANGLADESH PEACE COUNCIL

Korean National Peace Committee of DPR Korea

NEPAL PEACE and SOLIDARITY COUNCIL

LAOS PEACE and SOLIDARITY COMMITTEE

 
In bold letters are the Regional coordinators.
In Blue color the Vice-president Organizations
 
The Executive Committee elected in first session on the 10th April the following Secretariat:
 

President: Socorro Gomez from CEBRAPAZ Brazil

General Secretary: Athanasios Pafilis, EEDYE, Greece

                                                              i.      Executive Secretary: Iraklis Tsavdaridis, EEDYE, Greece

Mov Paz Cuba

CPPC Portugal

PEACE COUNCIL Germany

COMMITTEE for PEACE and SOLIDARITY, Palestine

NATIONAL PEACE COUNCIL of Syria

PEACE COUNCIL USA

Congo Peace Committee

SOUTH AFRICAN PEACE INITIATIVE

VIETNAM PEACE COMMITTEE

JAPAN PEACE COMMITTEE

ALL INDIA PEACE and SOLIDARITY ORGANIZATION

publicado por cppc às 12:03
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.posts recentes

. NOVO SITE DO CPPC

. CUBA: abaixo-assinado sol...

. SAHARA OCIDENTAL - CARAVA...

. MÉDIO ORIENTE: OPRESSÃO E...

. LIBERDADE PARA OS CINCO P...

. LIBERDADE PARA OS CINCO P...

. ACAMPAMENTOS DE REFUGIADO...

. DEBATE SOBRE SITUAÇÃO NO ...

. SOLIDARIEDADE IRAQUE - AP...

. PALESTINA: 60 Anos de Nak...

.arquivos

. Agosto 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Janeiro 2007

.tags

. todas as tags

.as minhas fotos

blogs SAPO

.subscrever feeds